Há 8 anos, Débora e Douglas se conheceram na empresa em que trabalham. Ele, naquele tempo, desenvolvedor experiente, amante da qualidade de produto. Ela, analista de requisitos, gostava de ver a conversão de negócio em software, mas gostava ainda mais de perceber como as pessoas interagiam e colaboravam neste processo.

Ambos tinham uma paixão: transformar problemas em soluções.

Quando foram chamados a trabalhar em um projeto em comum, perceberam que suas competências e habilidades, somadas, traziam bons resultados. Discutiam negócio, discordavam, debatiam problemas, pensavam em soluções, filosofavam sobre o ambiente de trabalho e sobre melhores práticas, saíam da caixa.

Tudo que faziam juntos, ficava melhor. Sozinhos eram bons, mas juntos eram muito bons. E assim, essa sinergia extrapolou os limites laborais e alcançou a esfera conjugal.

Casados desde 2014, não trabalham mais nos mesmos projetos. Ele, tornou-se arquiteto, militante da qualidade de produto e da excelência técnica. Ela tornou-se gestora e passou a ter a oportunidade de lidar com o desenvolvimento de pessoas e com a gestão de projetos.

Em 2017 participaram juntos de um congresso técnico da empresa em que trabalham, ganhando o primeiro lugar na categoria “Engenharia e Arquitetura de Sistemas e Serviços”.

Entrega do prêmio de primeiro lugar na categoria "Engenharia e Arquitetura de Sistemas e Serviços".

Nesse momento entenderam que não deviam deixar de promover iniciativas conjuntas. Daí cresceu a vontade de compartilhar os saberes, adquirir novos propósitos e criar algo pessoal, onde pudessem compartilhar suas experiências, vivências e opiniões, além de conteúdos técnicos, produzindo algo autoral. 

Assim, nasceu esse blog, para explorar a expertise desse casal: o desenvolvimento de software sob medida através da vivência majoritariamente no contexto de uma empresa pública. Aqui serão apresentadas a aplicação de métodos, práticas e teorias, em um ambiente com grande potencial de negócio, porém com fatores limitantes como prazos políticos, ausência de contratação, burocracia estatal etc. Ou seja, um cenário de desenvolvimento de software, com algumas dificuldades particulares, porém com aprendizados que podem ser aplicados a qualquer outro contexto onde o negócio de um cliente precise ser escrito em código fonte.

Adicione a gente no LinkedIn:

https://www.linkedin.com/in/modestodebora/

https://www.linkedin.com/in/douglas-siviotti/