É primavera em Atenas.
Um visitante da Suécia diz que o tempo está quente.
Um visitante do Egito diz que o tempo está frio.
Ambos estão falando a verdade!

“O Homem é a Medida de Todas as Coisas” (Protágoras)

O termo “Engenharia de Software” traz uma impressão equivocada sobre a arte de fazer software, especialmente o sob medida. Assim como na “primavera em Atenas”, a percepção e a experiência das pessoas será sempre particular. Ao levantar os requisitos de um sistema com mais de uma pessoa, facilmente encontraremos “egípcios” e “suecos”. Mesmo com apenas um especificador, prolongando este processo por tempo suficiente, veríamos um sueco começar a proferir algumas palavras em árabe. Esta é uma dificuldade não só da área de software, mas de qualquer outra área onde o objetivo final seja que alguém resolva uma questão apresentada por outro alguém. Pode parecer óbvio, mas o primeiro grande desafio é entender e definir o problema antes da implementação de uma solução. Assim, acertar a medida sobre qual é o problema e posteriormente qual é a solução pode ser um processo mais laborioso e artesanal do que sugere a nossa vã engenharia de software. Os que elaboram as questões levarão seu tempo para fazê-lo de forma clara e precisa, assim como os que são confrontados pelas perguntas vão precisar de alguns bons anos de prática até que suas respostas sejam realmente sob medida.

Deixe uma resposta